CITROS/CEPEA: Com volume de precoces baixo, demanda pela pera se aquece

No mercado in natura, mesmo com a maior procura por laranja, produtores consultados pelo Cepea não têm conseguido ofertar as variedades com o padrão de qualidade demandado pelo segmento. Segundo colaboradores do Cepea, como o volume de precoces já se reduziu, a procura pela pera tem se intensificado.

Na parcial da semana (de segunda a quinta-feira), a laranja pera é negociada a R$ 26,04/cx de 40,8 kg, na árvore, praticamente estável (-0,7%) em relação ao período anterior. No caso da lima ácida tahiti, produtores consultados pelo Cepea interromperam novamente a colheita da variedade, no intuito de impulsionar os preços. Na parcial da semana, a tahiti é negociada a R$ 24,58/cx de 27 kg, colhida, alta de 10,8% em relação à semana passada.

Fonte : Cepea/Esalq