Custo de produção tem nova alta e produtor de leite vê margem se estreitar

O Índice de Custo de Produção da Scot Consultoria para a atividade leiteira teve alta de 1,7% em novembro, em relação a outubro deste ano.

Os custos da atividade estão em alta desde agosto deste ano.

O aumento nos preços dos combustíveis/lubrificantes, dos alimentos energéticos e dos fertilizantes promoveu o aumento do custo em novembro.

No caso do milho, apesar do mercado mais parado e ligeiras quedas ns preços na segunda quinzena de novembro, na média do mês as cotações subiram, na comparação mensal.

Cabe destacar que apesar da alta nos últimos meses, os custos de produção da atividade leiteira estão 9,4% abaixo na comparação com igual período do ano passado.

Para o produtor de leite, com o aumento nos custos de produção e as seguidas desvalorizações no preço do leite pago ao produtor as margens da atividade estão se estreitando.

Desde julho, a margem caiu 53,7% para o produtor, atingindo os níveis mais baixos desde fevereiro de 2017.

Fonte : Scot Consultoria