Índia vai exportar açúcar pela 1ª vez em três anos após alta nos preços

As usinas indianas assinaram acordos para exportar açúcar bruto pela primeira vez em três anos, graças a um aumento de preços em Nova York para máximas em sete meses, juntamente com subsídios do governo para tornar os embarques lucrativos, disseram cinco revendedores e duas fontes da indústria à Reuters.

As usinas do país, que rivaliza com o Brasil o posto de maior produtor mundial, estavam relutantes em assinar novos contratos de exportação até recentemente, já que os preços globais estavam sendo negociados muito abaixo das cotações locais. Mas um aumento nos preços internacionais do açúcar bruto, juntamente com uma rupia que atingiu mínimas recordes, tornou as exportações viáveis.

As usinas contrataram para exportar 150 mil toneladas de açúcar bruto a cerca de 280 dólares por tonelada, em uma base de free-on-board (FOB), para embarque entre novembro e dezembro, disseram os comerciantes.

Mais exportações indianas poderiam pesar sobre os preços globais da commodity SBc1, LSUc1 e reduzir a participação de mercado dos rivais Brasil e Tailândia, os dois maiores fornecedores mundiais de açúcar.

Fonte : Reuters