Soja dispara nos EUA: “Especulação exagerada”

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na sexta-feira (06.07) ganhos de de 38,25 pontos no contrato de Agosto/18, fechando em US$ 8,775 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 38,25 e 38,75 pontos.

O mercado norte-americano da soja voltou do feriado de Independência dos Estados Unidos com fortes ganhos nos principais contratos futuros. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, China e os EUA aplicaram as sanções que vinham prometendo, mas sem novidades, o que deixou o mercado livre para se movimentar por outros fatores: “Como já foi devidamente precificada, o que contou mesmo foi o excelente volume de exportações da semana, acima das expectativas do mercado”. 

A Consultoria AgResource afirma que a reação do mercado trouxe a clareza de que toda a pressão de baixa criada desde o início do embate político “chino-americano” foi exageradamente vendida pela especulação: “Agora, com preços da soja já em patamares considerados subvalorizados, a tendência foi definida como altista numa reação de compra sobre as previsões climáticas negativas para todo os Estados Unidos”. 

“Além do mais, as exportações da soja norte-americana não têm sido tão decepcionantes como o esperado, uma vez que a China não adiciona novas compras do grão estadunidense. Nesta última semana, foram vendidas 930 mil toneladas, mesmo com os chineses cancelando 366 mil toneladas, para um total líquido de 561”, concluem os analistas da ARC. 
 

Fonte : Agrolink